terça-feira, 10 de janeiro de 2012

ACASO DIVINO

Realidade... real... será? 
Providência divina... providência... será? 
Não sei. 
A realidade não é palpável e a providência pode ser simplesmente um acaso. 
Mas sabe... vale a pena sempre. 
É com a alma cheia, explodindo de amor, que poderemos gritar: valeu muito a pena! 
Sempre valerá! 
Que Deus - ou o acaso - nos seja generoso
E, nos abençoe a todos com uma realidade branda, 
suave como o vento que nos acaricia a pele num dia de verão.

Wanderley Lucena

Nenhum comentário: