sábado, 18 de junho de 2011

MARCAS


Escrevo o que você não gostaria de ler
Falo o que não interessa
Presença enfada
Palavras pesadas
Ações decepcionantes
Piadas sem graça
Corpo decadente
Não sou bom o bastante
Você me tolera
Sou eu
É você
Não passei desapercebido
Estou vivo
No negativo
Vivo, muito vivo
Pior é estar morto em vida
E no final... somos iguais
Eu
Negativo pra você
Você
Negativo para mim
Iguais
Ou não
Amo e sou amado
Assim... como você
Como todos
Como ninguém
E comer por vezes é amargo
Por vezes é doce
São tantos os sabores
Eu gosto dos cítricos
Dos azedos
Dos quentes
Dos frios
Só sensação afinal
Boas ou ruins
Que não se passe por passar
Que se marque
Que te marque
Que me marque.

Wanderley Lucena


Um comentário:

o mar e a brisa do prazer de aprender disse...

Descobri um poeta. Amei passar por aqui. Abraços criativos