quarta-feira, 2 de março de 2016

O Coelho e o Ovo

E a tal páscoa que todos comemoramos sem saber do que se trata? Jamais vi comemoração tão comercial quanto esta. Acabei de ouvir que o lucro sobre os produtos achocolatados que vão desde bonbons a ovos de páscoa chegam a mais de 400%. É muito lucro! Acho que de tanto lucro passa a ser qualquer outra coisa. E chocolate é viciante. Quanto mais você come, mais você quer comer. 

Ovos de páscoa? Sério? Ovos de coelho? Sério? E coelho bota ovo? É muito louco o que se percebe. Existe o feriado de páscoa. E o feriado é quase que mundial. Sim, todo o mundo comemora a páscoa sem saber do que se trata. É mesmo muito louco.

Louco mesmo é perceber que o significado para o cristãos é totalmente diferente para os judeus. Os cristãos usurparam o nome "páscoa" para comemorar a ressureição do Cristo. Já os judeus a comemoram a páscoa, ou o "pessach", para lebrar o dia da passagem do mar vermelho. Ou seja, nada tem a ver uma coisa com a outra. 

E para a maioria trata-se da páscoa, apenas a páscoa sem qualquer sentido. O governo decreta o feriado e o povo se esbalda a comer chocolate em formas de ovos botados por um coelho. Uma bobagem tão grande quanto a figura do Papai Noel que é figura quase santa nas denominações evangélico-cristães, mas que, na verdade tem sua origem na paganidade.

É mesmo interessante observar a insanidade dos que desfilam nas tropas da ignorância e se rendem hipnotizados aos apelos da mídia, do comércio, das igrejas e das crendices.

Wanderley Lucena

Nenhum comentário: