terça-feira, 11 de novembro de 2014

AMAR E SER AMADO

 

Li, certa vez, um post idiota numa página de facebook de um idiota: "Apaixone-se por alguém que te cuide, que te guie, que te dê apoio..." etc... Eu, porém, me apaixono por me apaixonar, apenas. Me apaixono e vivo. Não espero nada do outro que não o respeito e a lealdade. E, claro, a lealdade passa pela parceria. Isso implica algumas respostas ante as dificuldades enfrentadas por ambos os parceiros. Mas, não exigência "sine qua non" que o parceiro me responda exatamente como eu o deseje. Quero, muito mais, a minha independência que me leve a está ao lado e não nos ombros de ninguém. Não quero ser peso, nem meio peso.  Não quero levar pesos que, bem poderiam, andar sozinhos ou ao meu lado, de mãos dados, rumo ao objetivo de uma vida melhor. Mas, ouvi desse mesmo idiota, d'outra feita: "eu me apaixono por quem se apaixona por mim". E então, calei-me. Não havia mais o que se discutir. Afirmo que, tal idiota, jamais se apaixonou, muito menos, amou! Quiças, jamais amará. E... mais importante que ser amado é... AMAR!

Wanderley Lucena

Nenhum comentário: