domingo, 17 de agosto de 2014

DITOS E FEITOS


Hoje dormi até tarde. Fazia tanto tempo que não tinha tal privilégio. Senti remorso. Seria a hora de relaxar? Há tanto por fazer.

Tanto já foi feito. A instabilidade já parece coisa do passado. Entretanto, a ânsia pela matéria e a esperança de que ela me proporcione dias melhores me fez sair para terras desconhecidas e insólitas.

É verdade que a maldade dos homens nos impulsiona e nos faz lançar em abismos. Mas, quem se joga ao abismo, nem sempre, o faz por medo da luta. Muitas vezes conta com o acaso providencial do Cosmos que pode nos acolher logo abaixo sem que nos machuquemos, ou que, mesmo machucados, sejamos salvos por obra de milagre.

Eu acredito na providência milagrosa e no destino. Pensava eu que meu lugar de paz seria numa terra nova e, de preferência, numa paradisíaca praia. De onde saí eu trouxe algumas marcas de agressões de homens vis. Mas, neste lugar, sofri piores.

É certo que me vou de novo daqui a pouco. É certo que vou mais desapegado da matéria. Mas, levo comigo o que consegui arrecadar com meu suor. Levarei muito. Mas vou mais leve.


Wanderley Lucena 

Nenhum comentário: