quarta-feira, 5 de março de 2014

Quarta-feira de cinzas!

A Quarta-feira é de cinzas, acabou o carnaval. Ficou o lixo nas ruas, praias, parques e jardins. O cheiro do mijo descarregado pelos foliões apertados e meninas brejeiras e sem juízos, muitas delas, ainda não sabem que daqui a pouco a barriga já será grande e, mais uma bolsa família será paga com meu dinheiro. E a PresidENTA garantirá a sua reeleição.

O dia aqui amanheceu turvo, o sol tímido - talvez de preguiça ou por ser a quarta-feira de cinzas, ou seja, o sol desinchou o céu cinza mesmo. Eu me sinto esgotado. E pior, acho que estou com labirintite ou qualquer outra coisa que me faz cambalear como se tivesse tomado uma garrafa de vodka vagabunda. Mas, não posso entregar os pontos. Estou a sair já para fazer as compras e levar a roupa para a lavanderia. A vida continua e o tempo urge... mesmo numa quarta-feira de cinzas - ao menos para mim, o tempo não para!

Wanderley Lucena

Nenhum comentário: